Casal presta queixa após dificuldade de registrar filho como Lúcifer

Um casal britânico passou por maus bocados ao tentar registrar o filho como Lucifer. Segundo o jornal The Sun, uma queixa formal foi registrada pelos pais do bebê pela forma como foram tratados no cartório de Chesterfield, no Reino Unido.

Em entrevista à publicação, Dan e Mandy Sheldon afirmaram que a funcionária encarregada de fazer o registro tentou dissuadi-los, dizendo que o nome atrapalharia o menino “a ter sucesso na vida”.

“Ela falou que Lucifer nunca seria capaz de arrumar um emprego e que os professores não gostariam de ensiná-lo. Tentei explicar que não somos pessoas religiosas, mas ela não quis ouvir”, relatou o pai. “Nós apenas achamos o nome bonito, único. Não esperávamos ter tanto sofrimento por isso.”

.metropoles.com

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *